Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Weintraub diz que troca desculpa a chineses por respiradores

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, negou nesta segunda, 6, que tenha cometido racismo contra o povo chinês após a embaixada chinesa repudiar declarações dele por uma postagem nas redes sociais. Ontem, o titular do MEC usou a  ‘língua do Cebolinha”, com a letra “l” no lugar do “r”, para estigmatizar a China e insistir na tese de que a propagação da covid-19 atenderia a interesses do País de suplantar outras potências globalmente. Hoje, em entrevista à Rádio Bandeirantes, ele renovou sua zombaria contra o país asiático. “Dado que a embaixada chinesa ficou tão ofendida, e eu sei como é a negociação dos chineses, esse processo cultural, ‘estou extremamente ofendido, venha pedir desculpas de joelhos aqui’, (…) eu vou fazer o seguinte, meu acordo: Eu vou lá, eu peço desculpas, peço ‘por favor, me perdoem pela minha imbecilidade’. A única coisa que eu peço é que dos 60 mil respiradores que estão disponíveis, eles vendam mil para o MEC, para salvar vida de brasileiros, pelo preço de custo. Manda a embaixada colocar aqui nos meus hospitais, e eu vou lá à Embaixada e falo ‘eu sou um idiota, me desculpem”, disse ele.

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O ministro afirmou que a China estaria “lucrando com tragédia”. “Conhecendo a cultura chinesa, se eles têm 60 mil já à disposição para leiloar, eles devem ter mais, porque se eles colocassem que tinham 120 mil, o preço do leilão seria mais baixo. Conhecendo o jeito, eu já fui muitas vezes, sei como é a negociação, sei como é o processo, eu era do mercado financeiro”, disse.

“Se eles conseguiram fazer respirador, será que quando eles viram que essa crise seria muito maior do que estava sendo divulgo, será que eles também não venderam ativos financeiros no mundo, fazendo liquidez, para agora sair comprando empresas pelo mundo mais barato? Eu sou do mercado financeiro… Teve movimentação? Teve. Mas eu não tenho como afirmar isso”, provocou.

Tudo o que sabemos sobre:

Abraham WeintraubChinadesculparespiradores