Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Weintraub pede ‘denúncias’ de coações para alunos participarem de atos

Equipe BR Político

Um dia antes de manifestações contra o governo federal e contra os contingenciamentos na Educação, o ministro Abraham Weintraub foi às redes sociais pedir que os pais denunciem professores que “coagirem” alunos da rede pública a participar dos atos. “Este governo acredita que as manifestações, se democráticas e pacíficas, são um direito de todo brasileiro. O que não pode acontecer são as coações de pessoas em ambiente escolar público”, diz em vídeo o ministro da Educação.

“Estamos recebendo aqui no MEC cartas e mensagens de muitos pais de alunos citando explicitamente que alguns professores funcionários públicos estão coagindo os alunos, ou falando que eles serão punidos de alguma forma caso eles não participem das manifestações. Isso é ilegal. Isso não pode acontecer”, afirmou, pedindo para que se encaminhem provas para um e-mail do ministério. “O MEC está em um esforço muito grande para que o ambiente escolar não seja prejudicado pro uma guerra ideológica que prejudique o aprendizado dos alunos.”

Tudo o que sabemos sobre:

Abraham WeintraubMEC