Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Weintraub pede para ‘tias do zap’ saírem candidatas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, ameaçou cassar a licença da TV Globo em live no perfil do deputado Eduardo Bolsonaro no Instagram na noite de domingo, 5. “Tem uma rede de televisão que ela não sobrevive até 2023. Ela deve aos tubos, porque não pagou imposto, não vai ter certidão negativa pra renovar concessão. Ou ela paga um buzilhão de imposto que ela nunca teve que pagar ou ela não renova concessão, porque não vai ter certidão negativa”, disse.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub

O ministro da Educação, Abraham Weintraub Foto: Gabriela Biló/Estadão

Dentre os vários temas discutidos, a dupla falou sobre o corte de bolsas da Capes instituído por portaria no dia 9 de março pelo MEC. “Tem que ter critério técnico para oferecer bolsas, dando mais peso para cursos mais bem avaliados nas áreas da saúde e engenharia, por exemplo. É mentira que estamos cortando bolsas. Ninguém teve bolsa interrompida. Quem tinha pretensão de fazer um mestrado ou doutorado e ganhar uma bolsa em áreas que não são prioritárias e cursos mal avaliados, não vão receber”, rebateu Weintraub. Houve ainda espaço para falar do marxismo, sobre o qual Eduardo e Abraham dizem ter estudado, que, segundo eles, serve para doutrinar as pessoas.

Críticas ao governador João Doria tampouco faltaram. O titular do MEC reclamou do isolamento defendido pelo chefe estadual nas cidades de Sorocaba e Barretos. “Foi um erro. A gente tem que sair desse nó. Consegue imaginar o Doria entrando num trem às 6h da tarde? Pode até imaginar porque ele vai gostar”, diz ele sob risos de Eduardo.

Para reforçar o plano de poder da extrema-direita, Weintraub sugere que “as tias do Zap” saiam candidatas a vereadora. “A gente precisa de vocês para a Câmara de vereadores, prefeita”, disse.