Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Witzel reforça recomendações das autoridades de saúde

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Sob estado de emergência por causa da pandemia que já matou 147 e infectou 2.464 pessoas no Rio de Janeiro, o governador Wilson Witzel soou o alarme nos últimos dias contra o colapso do sistema estadual de saúde. Ontem, afirmou que “se não estivéssemos seguindo as recomendações das autoridades de saúde, a situação poderia ser pior”, disse ele no Twitter. Outras 101 mortes estão em investigação.

“Por favor, fique em casa”, concluiu.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Wilson Witzelcoronavírus