Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Entre quatro paredes…

Gustavo Zucchi

Jean Wyllys escapou de mais uma. O Conselho de Ética da Câmara arquivou representação do deputado Laerte Bessa. Bessa queria que o mandato do deputado acusando ele de “perversão sexual” e “apologia às drogas”.

Explica-se: Wyllys disse em uma entrevista que, caso o mundo fosse acabar em um mês, ele usaria todas as drogas ilícitas e transaria com quem quisesse. O deputado do PSOL diz que a ação de Bessa foi uma reação por ter denunciado os difamadores da vereadora Marielle Franco.

Tudo o que sabemos sobre:

Jean Wyllys