Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

XP: torcida do mercado

Equipe BR Político

Enquanto o futuro governo faz cálculos sobre como e o que incluir na reforma da Previdência, sopesando apoio parlamentar para a aprovação da agenda pouco popular, investidores consultados pela XP Investimentos, entre os dias 11 e 14 de outubro, estão otimistas (70%) com a votação da proposta em 2019.

Para 60% dos 103 profissionais de mercado consultados, o governo enviará o texto à Câmara no primeiro trimestre de 2019; 47% acreditam que a votação em primeiro turno na Casa será no segundo trimestre; e 50% deles acham que o processo de votação no Congresso terminará no quarto trimestre. Aprovada a reforma, os consultados estimam que haverá apreciação do real de 8%, contra 13% de depreciação em caso de derrota.

 

Tudo o que sabemos sobre:

reforma PrevidênciaXP