Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Zanin: ‘Queremos que o HC seja julgado hoje’

Equipe BR Político

O advogado de defesa do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, afirmou nesta terça-feira, 25, estar confiante de que a Segunda Turma do STF julgará hoje o habeas corpus em que o petista acusa o ex-juiz federal, Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, de parcialidade ao condená-lo no caso do triplex do Guarujá. A declaração foi dada ao Broadcast Político enquanto Zanin se dirigia para o plenário da Segunda Turma, onde acompanhará a sessão. “É um caso que precisa efetivamente ser julgado porque envolve um ex-presidente que está preso. É um habeas corpus que já teve julgamento iniciado em dezembro de 2018. Queremos que o habeas corpus seja julgado hoje”, disse Zanin.

A pedido do ministro Gilmar Mendes, o julgamento do caso foi retirado oficialmente da pauta desta terça. Não está descartada, porém, a possibilidade de os ministros discutirem se concedem um habeas corpus de ofício para retirarem Lula da superintendência da Polícia Federal em Curitiba. De acordo com a defesa do petista, o caso do ex-presidente deve ter prioridade na pauta por envolver um réu preso e se tratar uma discussão que foi interrompida por pedido de vista no ano passado.”O nosso habeas corpus foi impetrado no ano passado e está baseado em fatos bem definidos e comprovados. Evidentemente que as revelações vêm para reforçar tudo aquilo que foi exposto”, afirmou o advogado.